Específico Basquete 3×3

Regras do Jogo 3×3 – Jogos da Juventude Adventista

 

As Regras do Jogo de Basquete Oficiais da FIBA são válidas para todas as situações de jogo não especificamente mencionadas nestas Regras do Jogo 3×3.

 

Art. 1 Quadra

 

O jogo será jogado em meia quadra de basquete.

A quadra deve ter uma zona demarcada de quadra de basquete do tamanho regular, incluindo uma linha de lance livre (5,80m) e uma linha de dois pontos (6,75m).

 

Art. 2 Equipes

Cada equipe é composta por quatro (4) jogadores (três [3] jogadores na quadra e um [1] substituto). Destes um  (1) poderá ser um convidado.

 

Art.3 Início do Jogo

4.1. Ambas as equipes devem realizar aquecimento simultaneamente antes do jogo.

4.2. A primeira posse de bola deve ser determinada por cara ou coroa. A equipe que ganhar o lançamento da moeda decide se fica ou não com a posse de bola no inicio da partida ou na prorrogação, caso seja necessário.

4.3. O jogo deve iniciar com três (3) jogadores.

 

Art. 4 Pontuação

4.1. Deverá ser atribuído um (1) ponto a cada arremesso dentro da linha de dois pontos.

4.2. Serão atribuídos dois (2) pontos a cada arremesso de trás da linha de dois pontos.

4.3. Será atribuído um ponto (1) a cada lance livre com sucesso.

 

Art.5 Tempo de Jogo/Vencedor de um Jogo

5.1. O tempo regular de jogo deve ser o seguinte:

Um (1) período de 15 minutos.

5.2. No entanto, o primeiro time a marcar 21 pontos ou mais ganha o jogo se tal evento ocorrer antes do final do tempo regular de jogo. Essa regra é válida para o tempo regular, não para a prorrogação.

5.3 Se o placar estiver empatado ao final do tempo de jogo, uma prorrogação será jogada. Haverá um intervalo de um minuto (1) antes da prorrogação. A primeira equipe a marcar dois (2) pontos na prorrogação ganha o jogo.

5.4 Uma equipe perderá o jogo por desistência se no horário programado para o início da partida a equipe não estiver presente na quadra de jogo com três (3) jogadores prontos para jogar.

 

Art. 6 Faltas/Lances Livres

6.1. A equipe está em situação de falta coletiva quando tiver cometido sete (7) faltas no período.

6.2 Um jogador que tenha cometido quatro (4) faltas deve deixar o jogo.

6.3. Será atribuído um (1) lance livre às faltas cometidas durante o ato de arremessar dentro da linha de dois pontos.

6.4. Serão atribuídos dois (2) lances livres às faltas cometidas durante o ato de arremessar de trás da

linha de dois pontos.

6.5 Será atribuído um (1) lance livre adicional às faltas cometidas durante o ato de arremessar seguidas de um arremesso bem sucedido.

6.6 Às faltas cometidas em situações que não caracterizem o ato de arremessar, mas em situação de penalidade, será atribuído 1 (um) lance livre.

 

Art. 7 Protelação (não se aplica às “regras adaptadas”)

7.1. Protelar ou deixar de jogar ativamente pela tentativa de pontuar deve ser considerado como violação.

7.2 Se a quadra for equipada com um relógio de arremesso, uma equipe deve tentar um arremesso dentro de 12 segundos. A contagem do relógio deve começar assim que a bola chega às mãos dos jogadores de ataque (após a troca com o jogador de defesa ou depois de um arremesso bem sucedido, abaixo da cesta).

7.3. Se a quadra não estiver equipada com um relógio de arremesso e uma equipe não estiver suficientemente tentando chegar à cesta adversária, o árbitro deverá avisar a equipe começando a contagem dos últimos cinco (5) segundos de posse de bola.

 

Art. 8 Como a bola é jogada

8.1. Após cada arremesso bem sucedido ou último lance livre:

Um jogador da equipe que não pontuou reiniciará o jogo, driblando ou passando a bola de dentro da quadra diretamente debaixo do cesto (não atrás da linha de fundo) para algum lugar na quadra atrás da linha de dois pontos. A defesa não é permitido jogar no semicírculo abaixo da cesta ou dentro do garrafão.

8.2. Após cada arremesso bem sucedido ou último lance livre: Se a equipe de ataque ganha o rebote, pode continuar a tentativa de pontuar, sem voltar a bola a um local atrás da linha de dois pontos. Se a equipe de defesa ganha o rebote, deve voltar a bola a um local atrás da linha de dois pontos (passando ou driblando).

8.3. Após uma roubada de bola, perda de posse, etc:

Se acontecer dentro da linha de dois pontos, a bola deve ser passada/driblada até um local atrás da linha de dois pontos.

8.4. A posse de bola dada a qualquer equipe após uma situação de bola parada que não seja uma pontuação bem sucedida deve começar com uma troca de bola (entre o jogador de defesa e o de

ataque) atrás da linha de dois pontos na parte superior da quadra.

8.5. O jogador é considerado como “atrás da linha de dois pontos” quando o jogador de ataque com posse de bola não está com os dois pés dentro da linha de dois pontos.

8.6. No caso de uma situação de bola pressa, a posse de bola deve ser dada à equipe de defesa.

8.7. Enterradas não são permitidas a menos que aros de liberação de pressão sejam usados.

 

Art. 9 Substituição

A substituição será permitida a qualquer equipe quando a bola estiver parada.

 

Art. 10 Pedidos de tempo

Um pedido de tempo de 30 segundos é concedido a cada equipe. Um jogador pode pedir o tempo em uma situação de bola parada.

 


Comentários